quarta-feira, 16 de junho de 2010

Depois de ter você...

Depois de ter você, os dias não são mais iguais,
As árvores não são só sombras, o céu não é apenas cinza.
A chuva tem gosto bom, andar nas nuvens faz bem e beijar você
é a recompensa mais gostosa.
Depois de ter você, as pessoas sorriem sempre, as nuvens são sim de algodão-doce
E o nunca é quando você não me abraça.
Depois de ter você, a poesia faz efeito
-Eu aprendi a escrever meus melhores textos;
Depois de ter você, o pôr-do-sol vale a pena de se ver,
A lua é um espetáculo sem razão e viajo todas as noites para outros mundos.
Depois de ter você, solidão para quê?
Tudo transborda alegria, tudo é paz, amor e harmonia.
Depois de ter você framboesa virou meu batom
Jasmim o meu perfume e lírio a minha flor.
Depois de ter você, nada mais tem nada no lugar,
Eu subo nas paredes e deito no chão,
Ando em cima das estrelas até chegar ao sol para me aquecer.
Depois de ter você, nenhum beijo é mais doce
Maçã-do-amor não tem açúcar, algodão não é macio nem morango é tão vermelho assim.
Depois de ter você, rosto nenhum me interessa, corpo nenhum me aquece, beleza não vejo mais.
Não há mais voz suave, o toque das pétalas das rosas são ásperas,
Nenhuma fragrância é tão delicada.
Os anjos não são tão perfeitos, falta-lhes a luz, as asas são tortas e não têm sensualidade.
Depois de ter você, o sol não tem tanto calor,
O frio não faz efeito, mas teus olhares provocam-me arrepios.
Sonhar sempre é bom e  se você vive neles eu nunca acordo.
Depois de ter você, eu aprendi que o amor tem sentido e que trocar tudo
Viver distraída e tropeçar sem querer, realmente, faz parte da vida.
Depois de ter você, nada me desperta tanta inspiração,
Nenhum silêncio de olhares sustentados é tão comunicador, nada tem sentido...
Depois de ter você...

Um comentário: