quinta-feira, 18 de março de 2010

Lady



Ela saía de casa para seus passeios eqüestres...

Tinha cabelos longos e era de um louro, cor-do-sol.

Vestia negro, sob o céu de pesadas nuvens,

Era lívida, de olhos mui claros, da cor do mel.

Virgem dos sonhos de Byron cavalgava na solidão, um belo corcel negro.

E quem seria essa tal criatura?

Não se sabe...

Ela já se foi...


Por Caroline Pessoa

2 comentários: